DROGAS: CRIMINALIZAÇÃO SIMBÓLICA

Olavo Hamilton

Fruto de sua tese de doutorado na Universidade de Brasília, nesse livro o autor afirma que a criminalização das drogas jamais cumpriu sua função declarada de proteger a saúde pública, servindo a propósitos outros encobertos pela aplicação da lei.  Por isso, não passa de uma criminalização simbólica quanto aos objetivos enunciados.